holiday at family’s house

Véspera de feriadão, PQP, trabalhei até 10h15min da noite, normal, afinal o trabalho dignifica o homem, mas não precisa ser tanto rsc. Chego na casa da minha tia, banho antes de dormir, converso um pouco com minha avó noveleira e eis que o silêncio impera. Mais ou menos, 3h30min da madruga chega minha tia e meu tio do bailão, ouço suas vozes na cozinha. 5h45min o celular me desperta, visto uma roupa social e rumo pegar o ônibus. Duas horas até a cidade onde minha família mora. Trânsito bem sossegado, motorista também, cheguei as 9h05min e como no domingo só sai ônibus a cada 1 hora, tive que ir a pé até em casa (55 minutos de caminhada). Cidade deserta aos domingos, clima ameno. Sobe morro, desce morro, vários outdoors com nossos estimados e valorosos políticos.

Enfim, chego em casa, sou recebido com um abraço muito carinhoso e demorado de minha sobrinha, que recepção. Bença meu pai, bença minha mãe. Juntamente com meu cunhado descemos ao mercado comprar os ingredientes para o churrasco. Sempre sou o assador da carne. Um bom chimarrão, uma boa prosa, meus sobrinhos e suas traquinagens. À tarde fomos “campiá” (adj para procurar) o cavalo que é do meu pai. 10 alqueires de terreno, um tanque muito bonito, vários cavalos e nada de encontrar. Andamos e andamos por diversas trilhas. Paramos descansar a beira do imenso tanque, eu e minha sobrinha nos divertindo jogando pedras na água. Voltamos para casa, assisti o filme da abelhinha junto com minha sobrinha. A moleca não me dava sossego, ficava me fazendo cócegas nos pés.

Segunda-feira, levantei super cedo, pus-me a “picar” (adj para cortar) lenha, uma coisa que adoro fazer desde os sete anos de idade. Minha sobrinha logo veio “me ajudar”. Ficou brincando na areia com uma peneira. Meu sobrinho também se juntou a nós. À tarde a avó paterna de minha sobrinha, ai foi só farra. Tarde bonita, seis crianças brincando no gramado em frente a minha casa.

Terça-feira, de manhã tive que pintar uma revista junto com minha sobrinha e depois fizemos vários aviões de papel (um hobby meu). À tarde fomos eu, minha mãe, minha irmã e meus sobrinhos visitar a casa do meu irmão que está em fase de acabamento. Haja fôlego e força para carregar minha sobrinha. Na volta ajudei minha mãe fazer pão de forno. À noite meu irmão me trouxe o seu notebook para eu configurar, minha sobrinha esperta que só ela, brincou de escrever no notebook.

Quarta-feira bem cedinho tomei café dei um beijo no rostinho da minha sobrinha, pedi a benção aos meus pais, peguei o ônibus para Curitiba e cá estou eu trabalhando novamente. Assim é a vida, existe tempo pra tudo (sábia palavras minha mãe).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s