De uma cena inesquecível

Sexta-feira, 17h00 da tarde, véspera do final de semana dos Dia dos Pais. Mochila com as cores do Brasil nas costas, lá vou eu andando uns bons trinta minutos até chegar no ponto para pegar o ônibus. Dei sorte, consegui achar um lugar para sentar.

30 minutos de viagem que durou um pouco mais devido ao intenso trânsito. Fazia um calor fora do comum para um inverno aqui em Curitiba. Estava eu pensativo com algumas coisas, devaneando com meus botões sobre alguns planos para um futuro próximo. Fazia um final de tarde muito bonito na capital das araucárias.

Desço do ponto, cruzo a rodovia rapidamente, desacelero o passo para ver o lindo pôr do sol que se formava. Viro uma esquina, caminho mais um pouco, percebo ao longe alguém vindo em minha direção correndo. Sim, é ela!!!

Ela vem correndo em minha direção, toda linda, cabelos na altura dos ombros bailando ao vento. Ela apressa a corrida quando se aproxima de mim. Abro os braços, ela como de costume, se joga neles com toda a alegria. Nosso tradicional beijo na bochecha, ela me olha profundamente, me entrega uma pequena sacolinha e me diz:

FELIZ DIA DOS PAIS!!!

Meus olhos embargaram na hora!!! Parei, sentamos num banquinho em frente à sua casa, abri o presentinho que ela me deu e junto dele uma montagem que ela fez pra mim: uma letra L recortada de uma folha de papel sulfite. Dentro desta letra desenhada poucas frases escritas com uma letra infantil em diversas cores. Ao ler este recadinho meus olhos se encheram de lágrimas, minha voz ficou presa na garganta. Eis o conteúdo da mensagem:

Amigo é coisa é pra se guardar debaixo de sete chaves, assim falava a canção.

Luidi, você não é meu pai, mas é como se fosse muito mais. Luidi você sempre me ajudou em tudo.

Obrigada por tudo!!!

Pai não é aquele que gera um novo ser. Pai é aquele que cria, dá carinho, ensina, orienta, ouve com atenção, sempre está junto nos momentos sejam eles felizes ou tristes. Pai, é ter responsabilidade com o futuro de uma criança, é dar Amor incondicional, é sacrificar se preciso for os seus sonhos em prol dos sonhos dos seus filhos.

Para todos os pais, que Deus abençoe todos os dias de seu viver, com muita paz, alegria e prosperidade. Que nunca desanimem frente aos obstáculos da vida visando sempre o bem estar de sua família.

Feliz Dia dos Pais

Uma mulher batalhadora

Bom, mais uma recordação da minha vida que sempre gosto de relembrar.

Era final de década de 80, minha família tinha vindo de uma pequena vila no meio oeste catarinense para uma promissora cidade do norte catarinense. Época dura. Meu pai trabalhava fora e vinha apenas nos finais de semana para casa. Eu tinha uns 9, 10 anos, meu irmão 7 e minha irmã 5. Morávamos de aluguel num casarão onde moravam mais três famílias, o espaço era muito pequeno. Para ajudar meu pai minha mãe começou a trabalhar numa empresa madeireira no setor de lustração de móveis. Ficávamos com minha avó paterna (in memorian).

Jamais me esqueço da força da minha mãe nesta época, pois foi com a ajuda do seu trabalho que o meu pai pode vender o seu Chevette e comprar um lote para fazer uma meia-água para a família ir morar sem pagar aluguel.

Na época minha mãe ficou grávida da minha irmã do meio. Lembro-me como se fosse hoje, todo o Santo dia ela guardava os bolinhos de carne, hamburguers e pastéis que tinha no almoço da empresa e trazia para eu e meus irmãos comermos à noite. Desculpem-me, mas lágrimas correram pelos meus olhos agora… Aqueles salgados tinham um sabor que nem mesmo o melhor bistrô parisiense poderia fazer igual: o gosto do AMOR. Repartíamos aqueles salgados igualmente, ela ficava nos olhando com aquele ar de felicidade que só uma mãe pode ter.

Devido ao clima áspero do seu trabalho (pó e tinta), ela teve algumas complicações de saúde, mas, suportou aquele fardo, grávida de minha irmã, durante seis meses.  Foi uma das maiores provas de AMOR que ela deu à mim e aos meus irmãos, sacrificou a si mesma para nos dar, na medida que ela podia, um melhor conforto.

Talvez ela nunca saiba deste texto que escrevi, mas certamente que meus gestos de carinho, admiração e respeito por ela tentarão retribuir um pouquinho do que ela fez por mim.

TE AMO MÃE.

Você que é filho, tenha compaixão e respeito pela sua mãe, tua alma ficará límpida e em mansidão.

Merci mon ange

Ah, a vida está caixinha de surpresas.

Curioso notar, dentre infinitas possibilidades, infinitas situações, me pergunto: porque algumas pessoas que conhecemos nos são tão especiais? Diariamente cruzamos por inúmeras pessoas, a grande maioria nem conseguimos lembrar suas faces, mas, com algumas instintivamente construímos uma sinergia de vida ao primeiro olhar.

Cá estou a raciocinar, alguns chamam de destino está força de atração universal que aproxima as pessoas e nalgum momento da vida, uma acaba cruzando o caminho da outra. Há quase quatro anos “o destino” agraciou-me ao poder conhecê-la. Jamais esqueço aquele primeiro encontro.

Apenas tenho que te agradecer por neste tempo colaborar para o meu engrandecimento e amadurecimento como Homem. Quantas lembranças. Quantas vezes nossos corpos sentiram prazer, quantas vezes pude contemplar teu sorriso, quantas vezes me fizestes rir, quantas vezes ensinou-me lições de superação, humildade e força.

Quantos momentos únicos, como à dois anos atrás, passeando pela rua XV, as flores dos pessegueiros e ipês davam uma tonalidade magnífica ao dia, sua companhia alegre e divertida fez-me o mais feliz dos homens naquele dia.

Tens morada permanente em meu coração, faz parte da minha família já, quanto mais eu crescer, mais ajudar-te-ei. Sempre e sempre estarei ao seu dispor para o que precisares. Eu faço o que me deixa feliz, pois o amanhã não me pertence. Enfim, mais uma vez minha sexy girl com o seu sexy kiss pude desfrutar de tua companhia. O suco de morango, o bolo de chocolate, a rosa vermelha e a recompensa do teu corpo junto ao meu, néctar dos deuses que degustei.

Espero que “este destino” ainda me conceda inúmeros momentos de felicidade ao teu lado, porque tu mon ange preenche meus dias de felicidade.

O homem que é homem, não uma maquete, não tem vergonha de demonstrar os seus sentimentos.

Quanto te vejo

Quando te vejo meu coração acelera feito uma Ferrari

Quando admiro teus olhos fico hipnotizado

Sinto como estivesse observando estrelas

Ah, teu sorriso, impossível não se apaixonar por ele

Quando tua boca se aproxima da minha, meu Deus,

Minhas células incendeiam feito brasa viva,

E na união perfeita de nossos lábios

Brasa, fogo, vulcão, vendaval, furação, respiração, ufa!!!

Quanto sinto tua pele, cheiro, maciez, vontade de morder

Ah, aqueles pêlos dourados, mais valiosos do que ouro

Ah, seu corpo nu, de bruço envolto apenas numa toalha

Obra-prima escultural, que privilégio vê-la com toda sua sensualidade

Ah, é um sonho, não me acordem por favor

Não, é real, por poucos instantes, mas é real!!!

Teus beijos

Para: mi passione

“Que segredos tem teus beijos?
Que te mantém a meu lado
Junto, bem junto, colado….
Mesmo distante de mim….

E assim,
Num frenesi envolvente
Intenso, úmido, quente
Me torna total dependente…

Teus beijos…
Me extasiam em repletos desejos…
Desvende prá mim teus segredos
Pois falo sério, preciso muito saber….

É um beijo que não se esquece
E até parece
Que teu gosto está aqui…
Selando teus lábios em mim…

Beijo que me queima, que arde
Minh’alma invade
Acalma e inflama, feito uma chama
Tatua, perpetua e me ama…

Beijos…
Da tua boca eu preciso
Doce poção de absinto
Venha ou me traga o antídoto
Para que eu possa viver…”

Rose Felliciano

Boca a boca

Para: mi passione

Ah, esse amor que acendeu em meu peito
uma chama desmedida
que entrou sem avisar, de forma atrevida
está agora a pulsar em ardente pleito
agarrado ás minhas artérias, sem encontrar a saída

Para onde fugirei da sua boca abrasiva ?
Meu paladar se apegou ao seu
na viscosidade da saliva
O seu corpo se aninhou ao meu
destilando amor em carne viva
Das catapultas do seu olhar
são lançadas pedras cortantes como lâmina
aço afiado a me perfurar
penetra o seio da ânima

Quero ser por ti contemplada
com flores rutilantes no olhar
ter a alma alvejada
pela fresca da chuva de pétalas
que goteja do seu mirar

Úrsula A. Vairo Maia

Neve e fogo

Há um sereno esplendor em ti, tão leve
luz na brancura do teu rosto fino
que, muitas vezes, vendo-te, imagino
que nasceste do seio alvo da neve.

Quando te vejo à noite, frente ao mar
a janela, em anseios cismadores,
tua figura é como um ramo em flores
onde pousam dois pombos, a arrulhar.

Alguém talvez ao ver-te, pensaria
que tens uma alma distraída e fria,
mas se a luz dos teus olhos puder ver

com suprema emoção, vai concluir
que inflamado de amor há de morrer
se à paixão que arde em ti se consumir!

Gaspar Octavio Hernandez