Fragmentos musicais

Já escrevi diversos posts aqui no meu cantinho ressaltando a importância que as músicas têm em minha memória, em minha vida. Ouvir uma boa música certamente que nos faz lembrar de ótimos momentos e ótimas fases vividas em nossas vidas. Existem aquelas que nos lembram de lugares, aquelas que nos lembram de pessoas, etc.

Como sou fã incondicional de música antiga (na verdade a música ultrapassa o conceito de tempo), principalmente anos 80. Eu era meio que o DJ da nossa rua e regularmente fazia set lists que gravava para os amigos como mencionado aqui neste post. Afaste o sofá para o lado e curta mais um set list.

Joy – Cheek To Cheek

Human League – Human

Tina Charles – Dance Little Lady Dance

Rick Astley – Never Gonna Give You Up

Billy Idol – Dancing With Myself

ELO – Last Train To London

Tina Turner – Simply The Best

Roy Orbison – I drove all night

Roxette – Sleeping In My Car

Blondie – Heart Of Glass

Anúncios

Banho à dois

Estava eu sentado no banco da Praça Tiradentes. Fazia muito calor, fiquei por um tempo observando um destes artistas de rua que fazem nomes com linhas de aço. Pouco tempo depois, eis que minha valquíria loira surge. Um jeans colado ao seu corpo, uma camiseta com estampa infantil (rs) e um lenço no pescoço que proporcionava todo um charme especial.

Conversamos sobre algumas coisas alegres e divertidas. Rumamos em direção à um motel para aproveitarmos melhor um ao outro. Como mencionei estava fazendo muito calor. Começamos a nos despir lentamente, alguns beijos ardentes e cheios de carinho. Sua calcinha preta arremessada certeiramente no cabide. Minha cueca nos meus pés enquanto recebia beijos e mordidas por todo o meu corpo.

Ela pegou uma toalha. Eu peguei meu celular e coloquei um set dançante dos anos 80. Quando ouvi os primeiros acordes desta melodia cantada por um dueto dinamarquês (rs),  convidei-a para bailar comigo e falei pra ela: – nossa, está me recorda grandes momentos. Ela com seu jeito todo sexy me responde: – é seu safado, nunca pensei que você já tinha dançado pelado alguma música. Eu cai na gargalhada e falei: não, nunca fui stripper, olha aqui, nem corpo tenho pra isto. Ela riu pra mim e juntou-me junto ao seu corpo nu e disse baixinho no meu ouvido: pois pra mim está perfeito, vem tomar banho comigo.

Como recusar um pedido destes. Enlaçei-a por trás e carreguei-a até o box. Regulei a temperatura e a quantidade de água. Ela prendeu o seu cabelo com algumas presilhas coloridas. Peguei um sabonete e começei a passar sobre os seus maravilhosos seios. Ave-maria meu nível de tesão foi as estrelas. Ela vendo minha virilidade tomando forma, pegou o sabonete e ensaboou meu peito descendo suavemente pela minha barriga até chegar ao meu rubro e ereto membro. Quase gozei. Colamos nossos corpos embaixo do chuveiro. Percorri suas nádegas cheias de espuma de sabonete, com suaves movimentos, encaixei minha mão no meio de suas coxas e senti que ela se arrepiou todinha. Mordisquei seu pescoço e orelha. Ela massageava meu ereto membro enquanto me beijava fervorosamente.

Não estávamos aguentando mais. Nos enxugamos rapidamente. A música tinha mudado. Dancei sedutoramente pra ela (bom tentei pelo menos rs) entoando os refrões. Derrubei-a na cama e o resto fica na imaginação de vocês.

O beijo

Dia destes, muito calor, eu puto da vida (coisa raríssima de se ver) porque tinham assaltado meu avô (apenas o susto), cabisbaixo perambulando pela rua XV. Resolvo encontrar meu porto seguro. Ao final, como sempre, revelou-se uma grande ideia.

Sabem, mulher tem um sexto sentido, percebeu na hora que eu estava diferente. Fiz ela rir do jeitinho que ela adora. Ela me falou, está acontecendo algo contigo? Nada não, respondi. Sei, disse ela. A cena que se seguiu foi eternizada em meu coração.

Delicadamente passei as mãos pelos seus cabelos, olhei-a fixamente em seus olhos, ela começou a fazer cócegas em meu cabelo, comentei assim não vale, ponto fraco. Aproximou-se calmamente, angelicalmente beijou a minha testa, desceu um pouquinho, mordiscou minha orelha, beijou meu pescoço, ficamos frente a frente, fizemos o beijo de esquimó que ela adora (nariz contra nariz). Ela aproximou seus lábios dos meus, deu-me um selinho, afastou-se, ficou me observando um tempo, eu ali entregue as suas garras, novamente recostou seus lábios nos meus, deu leves mordidas no meu lábio superior, depois inferior, segurei-a firmemente junto à mim, nossas línguas faziam um coro de movimentos, nossa respiração mostrava nosso ardor, derrubei-a na cama, pus-me calmamente ao seu lado, enquanto nossos lábios estavam algemados um ao outro, percorri seu corpo todo com minha mão, tudo isto ao som de A-Ha – Stay On These Roads. Se o mundo acabasse naquele momento, certamente que aquilo era o céu.

Depois, bom, fica na imaginação de cada um.  Como um beijo pode mudar o astral de nosso dia, experimente!!!

O grande barato da vida é experimentar estes momentos, guardá-los no peito para quando envelhecer, olhar para trás, se lembrar e gritar EU VIVI.

Disco music

Mais uma lembrança musical da minha vida. Como já mencionei noutro post na frente da minha casa no interior de Santa Catarina existe um centro comunitário que é utilizado para tudo; de velório, missa à bazar de roupas. De vez em quando juntamente com meus amigos da rua fazíamos alguns embalos de sábado à tarde (rs) neste centro.

Como sempre eu ficava encarregado de fazer o setlist, sempre no estilo eurodisco, disco music influenciado pelos filmes Grease, Embalos de Sábado à Noite, Dirty Dancing. Eis aqui um setlist, ponha a calça boca de sino, a camisa aberta no peito, o gel no cabelo e pode dançar rs. Em breve setlist part 2.

Bee Gees – Tragedy

Bee Gees – Night Fever

John Travolta & Olivia Newton John – You Are The One That I Want

C.C. Catch – Backseat Of Your Cadillac

KC & Sunshine Band – Shake Shake Shake

Eric Carmen – Hungry Eyes

Boney M. – Hooray Horray It’s a Holiday

Hues Corporation – Rock The Boat

Bad Boys Blue – Queen Of Hearts

Modern Talking – You Are My Heart, You Are My Soul

Fancy – Bolero

Erasure – A Little Respect

Cyndi Lauper – Girls Just Wanna Have Fun

A mensagem

Hoje cedo, vindo trabalhar a pé para exercitar um pouco as pernas, o café com leite e a esfiha de frango. Primeiro a chegar, converso um pouco com a nossa querida zeladora, sento-me em frente ao computador, escrevo uma mensagem para uma certa pessoa ao som de um setlist do Firehouse (quenta coração rs). Eis as melodias:

Firehouse – Love Of A Lifetime

Firehouse – Sleeping With You

Firehouse – I Live My Life For You

Garras da tigresa

Buenas, adiante com minhas recordações… Bem, como hoje faz exatamente 3 anos que Deus agraciou-me ao conhecer mi passione, nada mais justo que lembrar deste momento… Lembro-me do horário (13:00), da roupa que eu estava usando (uma camisa azul clara, uma calça branca social, meia branca e um sapato marrom).

Cheguei no Shopping Mueller e comprei uma caixa de bombons… Meu Deus, quando vi ela quase tive um infarto, gatíssima, uma deusa, divertidíssima, em suma, uma mulher de parar o trânsito em qualquer lugar do mundo. E como todos os momentos especiais em minha vida foram regidos por música, este não seria diferente. Entre beijos vulcânicos, gemidos apaixonantes, arranhões felinos, passei inesquecíveis momentos ao lado da minha deusa ao som de um setlist romântico tocado pelo meu celular.

O set list

Air Supply – Lonely Is The Night

Firehouse – When I Look Into Your Eyes

Berlin – Take My Breath Away

Heart – All I Wanna Do Is Make Love To You

Starship – Nothing’s Gonna Stop Us Now

Elvis Presley – Always On My Mind

WhiteSnake – Is This Love

Warrant – Heaven

Winger – Miles Away

Europe – Carrie

Rock Heart

Mais uma bela recordação dos anos 80. Esta é uma banda clássica formada pelas irmãs Ann e Nancy Wilson, possuem uma coletânea incrível de rock ballads, hard rock, riffs de guitarra que grudam no ouvido, belas vozes, enfim, quantas tardes e manhãs, como agora, escuto estas músicas, aqui uma coletânea de links para os clássicos desta banda:

Top 10 AOL

Heart – Alone

Heart – These Dreams (Billboard Top 1)

Heart – Who Will You Run To

Heart – All I Wanna Do Is Make Love To You

Heart – Nothing At All

Heart – Stranded

Heart – Barracuda

Valentine’s Day

Mais uma grata e agradável recordação. Ano de 2008, ainda estava programando PL/SQL, Dia dos Namorados, resolvo arriscar um encontro com minha passione, conseguimos sincronizar nossas agendas.

Me lembro até a roupa que eu estava usando (calça social tom branco, camisa azul). Ela sempre lindíssima, calça jeans sensual, top vermelho. Muitas carícias embalados pelo som do meu W200 (resistiu à 3 chuvas torrenciais).

Como posso esquecer, seu rosto sob meu peito, seu sorriso lindo. E como trilha sonora Bad English – When I See You Smile. Que saudade, que recordação eterna para mim.

Eu DJ

Continuando com minhas recordações musicais. Como eu sou fanático pelos anos 80, mais uma para relembrar. Já falei em outro post que em frente a minha casa tinha (tem) um Centro Comunitário. Fazem de tudo lá, de festa à velório. Senão me engano era véspera de Natal, fim de ano letivo na escola, eu e meus amigos resolvemos fazer uma festinha para terminar o ano com chave de ouro. Fiquei responsável pelo som (um velho Semp Toshiba que ganhei do meu pai).

Com cuidado fiz a playlist. Estas três foram as primeiras que foram tocadas, no bom toca-fitas (demorou uma semana para eu encontrar as fitas e gravar numa playlist).  A fita foi disputada a tapas pela galera, tanto que tive que gravar 10 seleções para o pessoal. Meus colegas (o gordo principalmente) se empolgaram com as músicas. Cada mico pago, ainda bem que na época não existiam celulares ou filmadoras, bons tempos, sem responsabilidades, grandes lembranças. Para a galera saudosista. Nos próximos posts vou lembrar de outras playlists dos anos 80.

Baltimora – Tarzan Boy;

Joy – Touch By Touch;

Ken Lazslo – Hey Hey Guy

Ciao Italia

Zapeando pelo YouTube, lembro-me  de uma música que tocava nas rádios do interior de Santa Catarina. Lembro como se fosse hoje, nas férias fui visitar meus tios, no sabadão a tarde meu tio colocava esta música no toca-fitas, como eles eram meio descendentes de italianos, volta e meia eu escutava alguns clássicos da música italiana. Senão me engano este grupo participou do famoso festival de San Remo na Itália.

Para matar a saudade Al Bano & Romina Power – Sempre Sempre

Come vorrei vorrei volerti meno come si fa? Bella come sei. Come si fa! Con quel cuore che hai.