Minha estrelinha

O que são as palavras? Um mero e simples modo de tentar traduzir os sentimentos do coração e as lembranças da vida

A vida nos fornece diversos caminhos. Destes, temos que optar por um em detrimento de outro. E as vezes ao escolhermos um caminho conhecemos pessoas eternas em nossa vida.

A data: 16 de fevereiro de 2009. A vida, o destino permitiu conhecer-te minha linda estrelinha. Desde aquele primeiro encontro meu “feeling” de minerador percebeu que havia garimpado uma raríssima jóia.

Quase 3 anos se passaram. Minha querida, quantas lembranças inesquecíveis tenho gravadas em meu coração.

És, sem dúvida nenhuma, uma mulher pra casar. (Quem sabe um dia, sonhar não é proibido). Tuas inúmeras qualidades precisam de uma enciclopédia para catalogar.

És madura, tens personalidade forte, és decidida, independente, culta, moderna, cativante, inteligentíssima, justa, perseverante, perspicaz, multitarefa, e, divinamente linda.

Teu corpo só pode ter sido esculpido pelos deuses, perfeito! Curvas simetricamente desenhadas, rosto que faz inveja às pinturas de Michelangelo. Felizes aqueles que podem dar-se ao luxo de tua companhia, do seu carinho. Que bom que faço parte deste privilegiado grupo. Quantas ligações, quantos encontros calorosos.

Minha estrelinha, haja o que houver, aconteça o que acontecer, passe o tempo que passar, sempre terá este seu fiel amigo e escudeiro para tudo que precisar. Esforçar-me-ei para cada vez mais solidificar meu carinho e respeito por ti. Tu mereces tudo de bom que a vida pode dar.

Humildemente, de coração, desejo-te que as bençãos divinas cubram-te de muita paz, saúde, alegria e prosperidade. Que a cada novo nascer do Sol tu mantenhas tua força e perseverança para realizar os teus sonhos. Quando precisares, meus ombros estarão ao teu dispor.  Outra homenagem aqui.

PARABÉNS,

Vida Longa e Próspera.

Apenas uma pequena homenagem

Cá estou eu, pensando e repensando por alguns dias o que escrever para homenagear uma pessoa decisiva em minha vida, saberão “o porquê” depois de eu contar esta pequena história, pois como meu pai certa vez me ensinou:

Um dos passos para ser um grande homem é saber agradecer.

Por dois anos de minha vida fui bolsista de uma universidade em minha cidade, grandes recordações desta fase, desde os guardiões até aos doutores, que contribuiram para a minha evolução e, me deram grandes exemplos de humildade e simplicidade. Fazia manutenção de computadores nos laboratórios de informática, ministrava aulas em projetos sociais aos sábados. Por vezes também fazia instalação/manutenção nos computadores pessoais dos professores e foi assim que conheci a senhorita Dé. Já a tinha visto algumas vezes embelezando a sala dos professores, certa tarde ela perguntou-me se eu formataria e configuraria seu notebook. En passant, desde a primeira conversa mostrou-se uma mulher educadíssima e inteligentíssima e não errei na avaliação.

Começamos a conversar aos poucos, aprendi muita coisa com ela, mais do que ela possa imaginar. Lembro-me que certa vez fui pessoalmente entregar um presente para ela no consultório odontológico onde ela atendia. Também lembro que certa vez ajudei-a com um jogo lúdico para o seu mestrado. Ela era minha consultora digamos assim para as minhas paixonites platônicas. O tempo foi passando, a amizade fortificando, fui seu professor particular de Excel, nesta época já estava formado e trabalhando como suporte técnico numa instituição de ensino que ficava ao lado da universidade onde eu estudei. A cartinha no meu aniversário está guardada com todo o carinho. As aulas sempre muito divertidas, qualidade de ambos, deveria eu ter um gravador para registrar nossas pérolas.

Estava na fase, e agora José?, e mais uma vez ela ajudou-me na decisão mais importante que tive que tomar em minha vida. Certa tarde, fui ao laboratório da universidade conversar com um professor meu que falou-me da possibilidade em vir fazer pós-graduação aqui em Curitiba. Não me menosprezo, mas eu, um simples garoto do interior, não me achava tão capaz de competir com pessoas de todo o Brasil. E justo eu o motivador das pessoas rs. O professor instigou-me, disse para eu reunir a documentação e ao menos tentar. Confesso que estava em cima do muro. Aí que entrou o diferencial dela mais uma vez.

Lembro-me que ela estava no cantinho do laboratório concentrada com o seu notebook, após a conversa com o meu professor ela certamente foi conversar com ele. No dia seguinte, cedo, cheguei ao meu trabalho, fui ver meus emails, qual a minha grande surpresa? Vi uma mensagem dizendo: sua inscrição para o Mestrado já está paga, imprima o comprovante bancário. Não vou citar o valor por questão ética, mas não era pelo valor, mas pela sua atitude de amizade.

Sempre digo que foi o email que mudou a minha vida e que bom que Deus escolheu você para redigí-lo. Não tinha outra alternativa, reuni a papelada, vim fazer a entrevista, e de lá pra cá, a evolução pessoal-profissional que este teu simples gesto desencadeou em minha vida, não tenho palavras para compensar, apenas uma pequena homenagem.

Te considero como a minha irmã mais velha que não tive, que o teu casamento continue repleto de muita paz divina, de alegrias infindáveis, que a nova sementinha de felicidade que Deus lhe deu cresça e torne-se um frondoso homem, que tu continues tendo esta tua incrível força interior para superar os problemas da vida, que sempre esteja com este teu sorriso angelical. Perdoe-me se por acaso a distância fez-me esquecer um pouco de você, mas sempre estás no meu coração num cantinho muito especial e sempre terá este seu fiel amigo.

Que os ventos brandos soprados pelo Criador adentrem o teu lar trazendo o exilir da paz, saúde, alegria, prosperidade e felicidade para você e toda  a tua família. 

Forte e carinhoso abraço.

Massagem no ego

Como todo santo dia, hoje acordei cedinho, um belo banho, tomo uma xícara de leite e lá vou eu a pé trabalhar. Cheguei num posto de gasolina para tomar um café, levei azar não tinha pão de queijo. Tomei um café, peguei duas barras de cereais para comer, quando vou ao caixa pagar descubro que meu cartão alimentação estava bloqueado. Ok, chego na empresa, vou direto ao RH, disseram-me que haviam trocado todos os cartões alimentação e eu nem sabia de nada, comunição é uma beleza. Falaram-me que o meu cartão está na outra filial da empresa, onde eu trabalhei por oito meses. Depois do horário de almoço decidi buscar meu cartão alimentação. Mais uma vez pude perceber o reflexo do bom convívio com as pessoas.

O primeiro que cumprimentei foi o segurança, sempre conversava com os seguranças, várias histórias engraçadas. Depois dirigi-me ao setor de RH para pegar o meu cartão. No setor, o pessoal todo falou: enfim veio nos visitar Luidi e teceram alguns elogios a minha pessoa. Quando eu estava para sair da empresa, fiquei conversando um bom tempo com as guardas da revista. Como na empresa o segundo turno começa 14h15min logo estava uma fila gigantesca para passar o cartão. Eu até parecia político (mas não sou candidato não hehe). Era apertos de mão, a mulherada, saudade de você seu sumido, cobrança de chocolate (quem manda prometer).

Enfim, como sempre falo, não há satisfação maior do que ser reconhecido pelas pessoas pelo trabalho que você desempenhou e pelo respeito que você teve com as pessoas, independente de credo, cor e idade. Ou seja, ganhei meu final de semana e como foi bom para o ego.

O sorriso de Deus

Havia um pequeno menino que queria se encontrar com Deus. Ele sabia que tinha um longo caminho pela frente. Um dia encheu sua mochila com pastéis e refrigerante e saiu para brincar no parque. Quando ele andou umas três quadras, encontrou um velhinho sentado em um banco da praça olhando os pássaros. O menino sentou-se junto a ele, abriu sua mochila e ia tomar um gole de refrigerante, quando olhou o velhinho e viu que ele estava com fome, então lhe ofereceu um pastel. O velhinho muito agradecido aceitou e sorriu ao menino. Seu sorriso era tão incrível que o menino quis ver de novo; então ele ofereceu-lhe seu refrigerante. Mais uma vez o velhinho sorriu ao menino. O menino estava tão feliz! Ficaram sentados ali sorrindo, comendo pastéis e bebendo guaraná pelo resto da tarde sem falarem um ao outro. Quando começou escurecer o menino estava cansado e resolveu voltar para casa mas, antes de sair ele se voltou e deu um grande abraço no velhinho. Aí, o velhinho deu-lhe o maior sorriso que o menino já havia recebido. Quando o menino entrou em casa, sua mãe surpresa perguntou ao ver a felicidade estampada em sua face: – O que você fez hoje que te deixou tão feliz assim? Ele respondeu: – Passei a tarde com Deus. Você sabia, que Ele tem o mais lindo sorriso que eu jamais vi? Enquanto isso, o velhinho chegou em casa com o mais radiante sorriso na face e seu filho perguntou: – Por onde você esteve que está tão feliz? E o velhinho respondeu: – Comi pastéis e tomei guaraná no parque, com Deus. Você sabe que Ele é bem mais jovem do que eu pensava? A face de Deus está em todas as pessoas e coisas que são vistas com os olhos do amor e do coração! Que Deus abençoe você que está lendo esta ilustração e ilumine o seu coração para que você possa oferecer a muitas pessoas o sorriso de Deus, que talvez esteja guardado dentro de você enquanto muitos têm fome e sede dEle. Por isso quero oferecer a você, meu melhor sorriso!!!

O tempo

O tempo a tudo corroe e envelhece,

exceto as lembranças felizes que vivemos, a amizade e o amor.

Quantos momentos inesquecíveis já proporcionou-me e

espero que muitos ainda estejam sendo escritos pela mão do tempo.

Pode o tempo passar, sempre serei seu amigo/amante e meu tesão por ti aumenta a cada dia.

Me aguarde, brevemente estarei entregue as tuas garras, minha felina.